THE FASHION T'S

Fashion. Make. Beauty. More.

Para nossa alegria, Tim Allen!

Leave a comment

Oie, gente bonita! Mais um post, mais comédia para vocês, e a escolhida de hoje foi “Last Man Standing”, então vamo que vamo.

Criada por Monte Montgomery e Carl Thiel, a sitcom estreou em outubro de 2011 sendo transmitida pelo canal ABC e liderada simplesmente por Tim Allen (siiim, Tim Allen, ebaaaaa) e a linda da  Nancy Travis.

O enredo acompanha a vida de Mike Baxter (Tim), um dos donos da Outdoor Man, loja de acessórios para caça, pesca, e outros tipos de atividades, digamos assim, bem de macho. Adorador de uma boa arma, e um tanto quanto machista, Mike tem que superar o fato de ser o único homem em casa.

Casado com Vanessa (Nancy), cientista que trabalha com formas de geração de energia, ele tem que cuidar de três filhas: a mais velha e mãe solteira Kristin, a patricinha um tanto quanto desprovida de inteligência Mandy (Molly Ephraim, Atividade Paranormal 2) e a caçula, de estilo Tomboy, que adora um futebol e quer ser do exercito (preferida de Mike e minha também xD) Eve. A família Baxter também conta com Boyd, filho de Kristen, que é a paixãozinha de Mike e a coisa mais fofa do mundo. E como se não bastasse Tim Allen, a sitcom também apresenta Hector Elizondo como “Ed” Alzate, sócio de Mike na Outdoor Man. Mas o melhor personagem mesmo é o confuso e todo perdido Kyle, que trabalha na loja e acaba se envolvendo com as filhas de Mike. Isso mesmo, eu disse filhaS.

Um ponto muito importante e diferente da série é que Mike trabalha no marketing de sua loja e, com isso, ele mantém um tipo de “videolog” – ou melhor, ele posta semanalmente vídeos no site da Outdoor Man. Nesses vídeos ele faz as propagandas dos produtos com base em acontecimentos diários de sua vida e expressa suas opiniões e frustrações em relação ao que ele está vivendo em casa.

Um trailerzinho para criar curiosidade:

Para ser bem sincera, quando comecei a assistir “Last Man Standing”, eu odiei por dois motivos: ao mesmo tempo estava passando “Man Up!” que eu amei, mas que no fim foi cancelada por falta de audiência. Quando comparava as duas, não me conformava com o cancelamento. Além disso, acho que eu não estava mais acostumada com esse formato. Sempre que penso em sitcom nesse estilo de “Last Man Standing”, só vem na minha cabeça aquelas mais antigas, tipo “Um Maluco no Pedaço” ou “Eu, a Patroa e as Crianças” e, caramba, como é bom esse estilo, que saudades. Ainda bem que não desisti e continuei a ver. Hoje em dia é uma das minhas preferidas.

Sem contar que Mike, apesar de machista (o que pode incomodar um pouco algumas pessoas), é um personagem sensacional. Quando está na companhia de Ed, principalmente, tem boas sacadas. Vanessa, aquela mãezona linda, não tem como não amar, mas Kristen para mim é desnecessária (O pai de Boyd também). Na verdade eu gostava dela na primeira temporada, mais mudaram a atriz na segunda, e putz, que atriz insuportável. Mandy, apesar de toda estereótipo, te faz rir horrores e Eve, a Tomboy… sem palavras, só risadas e amor. Mas bom mesmo é o Kyle, todo perdido, confuso, lerdinho, inocente em todos os aspectos e que sempre entende as coisas de forma errada. Apesar dos outros personagens, é Kyle quem rouba a cena e as suas melhores risadas.

Fotinhos para galera:

This slideshow requires JavaScript.

Leve o machismo de Mike na brincadeira, como toda comédia deve ser levada e aproveite horrores, ria horrores, seja feliz horrores!

Espero que tenham gostado. Só lembrando que a série já está na segunda temporada e é só sucesso!

Beijos e Queijos!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s