THE FASHION T'S

Fashion. Make. Beauty. More.

Rolê de Macho.

Leave a comment

Oie, gente! Vamos falar de coisa de macho hoje, vamos falar de série de ação.

No dia 11 de janeiro estreou nos Estados Unido, pelo canal Cinemax, Banshee, um drama de ação do mesmo criador da versão televisiva de True Blood, Alan Ball. A série conta a história de Lucas Hood (Antony Starr), um ex-condenado que acabou de ser liberado e vai procurar sua parceira de roubos, que é também a sua paixão. Após o crime que fez com que Hood fosse preso, ela entrou para o programa de proteção a testemunhas e passou a se chamar Carrie Hopewelle (Ivana Milicevic), e acaba sendo encontrada por ele na cidade que dá nome a série. Devido ao acaso e por ter um amigo genial , Hood assume a identidade do cherife da cidade, que foi assassinado bem na sua frente, e passa a fazer justiça ao seu modo, ignorando regras e passando por cima das vontades do criminoso chefão da cidade Lord Kai Proctor (Ulrich Thomsen). Além disso, precisa conviver, ou melhor, sobreviver aos fantasmas do passado.

Trailler em HD (que era para ser legendado, but…)

A verdade é que: a série não ganha pelo roteiro. Ela apresenta um enredo pobre no quesito inovação, ou seja, vem com assuntos, situações e personagens bem comuns da TV americana. Apresenta um anti-herói clássico, que é todo errado, mas que cria laços com o público ao agir da forma que é esperada e que, para isso, deixa regras e leis para trás. Porém, a série ganha ao criar uma atmosfera cinematográfica: tem uma grande produção, com cenas de perseguição, cenas de luta muito bem elaboradas e grandiosas – algumas eu diria até exageradas. Ganha também no quesito “sexy”, criando uma atmosfera sensual e dark, além de, como toda boa série que tem ligação com a HBO, todo episódio ter uma ou mais boas cenas de sexo.


(Alguns stills)

Porque rolê de macho? Porque Hood é muito macho mesmo, porque a Carrie é muito macho mesmo, porque o chefão é muito macho mesmo, e porque é uma série com enredo fraco, mas com muito, muito sangue, com muito, muito osso quebrado, com muita, muita droga, muito, muito álcool, e lógico muito, muito sexo. Não sei se vocês menininhas vão gostar, porém, certeza que seus namorados, rolês e afins vão. Que mocinho não quer ver a loira gostosa de rosto angelical pegando geral na cidade, a qual aliás é comandada pelo seu tio mafioso?

Se vale a pena assistir? Se eu aconselho? Não sei dizer na verdade, vai muito do gosto da pessoa. O que eu posso dizer é que, se gosta de ação, armas, criminosos, sangue, sexo, então vai na fé que a série está se desenvolvendo bem e parece que vem coisa boa por ai, principalmente porque, com apenas 3 episódios exibidos, ela já foi renovada para a segunda temporada, mesmo não tendo uma audiência muito alta. Ou seja, é possível coisas boas.

Escolham sabiamente, beijos gente, e beijos para seus machos também. (brinks ow)

 

obs: vejam os episódio até o fim dos créditos, que depois tem bonus.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s