THE FASHION T'S

Fashion. Make. Beauty. More.

Trust me, I’m carrying a rabbit!

Leave a comment

Hi people, vamos hoje falar de coisa sucesso, coisa genial, vamos falar de filminho!

Sete Psicopatas e Um Shih Tzu é uma sensacioooooooonal comédia de humor negro, co-produzida, escrita e dirigida pelo irlandês Martin McDonagh (que além de tudo é bem bonito, oi, se contenha, radialista!). O filme segue a linha de “In Bruges”, do mesmo escritor, ou seja, se você gostou de um, é certeza que vai amar o outro. Ganhador de criticas positivas, ele conta a história de um roteirista cinematográfico, Marty Faranan (Colin Farrell, que também está em In Bruges. Aliás, as caretas de Farrell nos dois filmes são impagáveis), que conta com a não tão bacana ajuda de seu melhor amigo Billy Bickle (arrasando demais, Sam Rockwell). Sem um emprego formal, Bickle trabalha com o que ele define no filme de “empréstimos de cachorros”. Isso mesmo, ele e o amigo Hans Kieslowski (Christopher Walken, precisa falar? Sensacional, hoje e sempre!) sequestram cachorros pela recompensa. A coisa começa a ficar mais interessante ainda quando eles sequestram, não por tão engano assim, Bonny, o Shih Tzu de um gangster (Woody Harrelson, adorooo) e aí a coisa vai: tiros, sangue, comédia, muita comédia, diálogos sensacionais em um filme genial.

Um trailler para você ficar com mais vontade ainda de ver:

(Ri três vidas seguidas dessa cena do “coloque suas mãos para cima!”)

Invadindo o território de Quentin Tarantino (é impossível não notar a semelhança), sabe, sangue, muito sangue, genialidade, muita genialidade, o filme merece muito ser assistido. A fotografia e direção de arte são sensacionais, os atores arrasam e o roteiro, poxa, o roteiro é indiscutivelmente foda (digno de um palavrão, isso mesmo, produção). É impagável ver a relação do gangster com seu cachorro e sua arma que vive emperrando na hora de matar alguém, a obsessão de Billy, a história dos supostos sete psicopatas e as cenas do imaginário tiroteio de Billy. São 110 minutos deliciosos de se assistir.

 

E, para acabar, um pedacinho de uma entrevista com Martin McDonagh por Frank Digiacomo, sobre umas das falas do filmes (gentem, eu que traduzi, não me odeiem se tiver muito ruim).

Pergunta: O personagem de Rockwell cita uma regra: “Você não pode deixar o animal morrer em um filme. Só a mulher.” Essa é uma regra “não escrita” de criadores de filmes/roteiristas?

Resposta: Sim. Tiveram notas do estúdio sobre uma arma apontada para a cabeça do cachorro, sobre matá-lo ou não matá-lo. E nenhuma palavra sobre atirar em uma mulher, no estômago. É assim que funciona. Quantos animais mortos você viu nos últimos anos no cinema? E quantas mulheres mortas você viu? Eu sei no que estou investindo meu dinheiro.

Para quem quiser ler a entrevista na integra: http://movieline.com/2012/10/12/martin-mcdonagh-interview-seven-psychopaths-sam-rockwell-colin-farrell-tom-waits-christopher-walken-quentin-tarantino/

Tenho certeza que vocês vão amar o filme, eu até passei a gostar de Shih Tzu depois de assistir, sério!

Beijos, Beijos, Shih Tzu, Beijos, Beijos, Coelhos, Beijos!

(Obs.: assistam o filme e entendam o título do post)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s