THE FASHION T'S

Fashion. Make. Beauty. More.

Kate Nash – Da água para o vinho amargurado

2 Comments

Quebrar o pé e virar uma cantora de sucesso não acontece com qualquer um. Kate Nash caiu de uma escada, colocou gesso e começou a criar as músicas do que seria seu primeiro CD, o “Made of Bricks”. A cantora inglesa, de 25 anos, aprendeu a tocar piano e guitarra na infância e, por causa do acidente, resolveu dedicar suas intermináveis horas de “não tem nada pra fazer” à música. Deu certo e, ao colocar suas músicas no MySpace e ser apadrinhada pela outra diva da terra da rainha, Lily Allen, sua carreira deslanchou e hoje já está em seu segundo álbum, o “My best friend is you”.

Eu conheci a Kate quando ela lançou o primeiro álbum, em 2007. De cara, já me apaixonei pela maneira com que ela canta e pelo seu estilo bastante romântico e feminino. Seu guarda-roupa variava entre vestidos fofos, com estampas bem divertidas, meia-calças coloridas e cintura marcada. Fazia jus ao estilo de sua música, sempre fofas, mas com um humor seco e irreverente. Sem contar o cabelo MARAVILHOSO, todo ruivo e ondulado. Meu maior sonho de consumo.

up-1katenashlarge

Porém, todavia, contudo e entretanto, Kate Nash deu uma pequena revolução no seu armário e nas suas canções. De “Made of Bricks”, passou para “Death Proof”. De fofa, passou para rebelde. De romântica, passou pra pin-up. Tudo bem que esses quatro adjetivos podem ser combinados de maneira harmônica. E ela organiza como ninguém. Mas a mudança de um álbum para outro foi brusca e, por isso, assustou a mim e a muita gente.

Em uma entrevista para o site Fashion We Like, Kate disse que descobrir o estilo vintage lhe deu mais confiança em si mesma e ensinou lhe como  se vestir e usar roupas que combinassem com seu biotipo. De fato, concordo com ela, pois, pra mim, toda mulher deve confiar no seu taco e se usar peças que valorizem quem ela é, independente de qual estilo for. Na entrevista, Kate afirma que estilo é algo único, mas que falta muito nos dias de hoje. “Se a gente olhar lá na década de 50, 60, todo mundo parecia super estiloso, por causa de um padrão fashion maior. Mas o importante é se sentir confortável, o que lhe dá mais oportunidade de parecer mais individual, o que lhe dá mais oportunidade de parecer mais individual é um esforço para se tornar único.” CONCORDO E ASSINO!

Picture-of-Kate-Nash-kate-nash-32623530-500-493

Um de seus novos singles, “Death Proof”, é o espelho da nova Kate Nash. Baixo cheio de atitude é reflexo do estilo rebelde e raivoso. O cabelo bicolor e seus rolinhos são a inocência do timbre da sua voz. Uma mistura de anos 50 e 80, com o melhor do sotaque inglês. Fazendo aquela relação de palavras chaves, tenho como as principais: Grunge, Punk Girl Go Wild, Pin-up, Dark Style. Porém, lendo algumas críticas, percebi que poucos gostaram desse novo estilo. Muitos sites acreditam que a cantora falhou em mudar a pegada da sua música e do jeito de vestir e que, talvez, esse amadurecimento seja desnecessário. Kate rebateu dizendo que gosta de quebrar barreiras e que acha que todo artista deve evoluir e não ficar estagnado num único sucesso. Vejo torta de climão surgindo no horizonte!

Quem aprova essa mudança toda?

Veja mais algumas fotos do estilo velho

E outras do mais recente

“Foundations”, do “Made of Bricks”

“Death Proof”, do próximo álbum, ainda sem nome.

Beijos, beijos.

Tainá Goulart

Advertisements

Author: Tainá Goulart

Sinapses

2 thoughts on “Kate Nash – Da água para o vinho amargurado

  1. Acho legal ela assumir esse novo estilo mesmo correndo o risco de vê-lo ser repudiado pelos fãs. Dá uma impressão de autenticidade… Faz a gente sentir que ela foi verdadeira (tendo sido ou não): que aquilo não era mais o que ela era e que mudou. Igual todo mundo muda. Enquanto isso, tem um monte de artista que deve viver o tempo todo seguindo o padrão de como querem que ele seja e longe do que são.
    Acho bacana e válido, apesar de eu querer as roupas antigas dela pra mim. Manda me doar o guarda-roupa, please! kkk

    • Concordo, eu Tainá, com você! Sempre acho chato os fãs ficarem achando que tem que ser sempre a mesma nota. Não sei, pra mim tem que haver sempre uma renovação! Obrigada pela visita!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s