THE FASHION T'S

Fashion. Make. Beauty. More.

Who’s That Girl?

Leave a comment

Olha, antes de fazer aquilo que devo (escrever um post, no caso), vou fazer um desabafo/pedido de desculpas. Sou uma pessoa muito desorganizada, principalmente com relação ao tempo. Não sei dividir meu tempo para dormir, meu tempo para fazer matérias, meu tempo para comer. Enfim. Não sei. Como devagar demais, durmo pouco, procrastino eternamente. E, por conta disso, acabo não fazendo nada direito. Peço desculpas a você, leitor, por isso. Não vou prometer que melhorarei, porque não sei como fazer isso. Mas, ao menos, prometerei postar com mais frequência, principalmente agora que estou prestes a entrar de férias.

Bom, mas não é sobre mim que vim falar aqui. Mas sim sobre uma série com a qual me identifico muito e pela qual tenho um carinho enorme. Quem me conhece sabe que sou extremamente apaixonada pela Zooey Deschanel desde o momento em que assisti Yes, Man (em português, Sim, Senhor). Daí para frente, veio She & Him na minha vida, o dueto musical mais fofo do mundo, formado por Zooey e M. Ward. Então surgiu 500 Days Of Summer (conhecido por aqui como 500 Dias Com Ela) e minha paixão finalmente se consolidou.

A Zooey mostrou ser uma artista muito completa, cantando e atuando lindamente em todos os seus trabalhos. Então, no ano passado, quando vi na internet que essa lindinha ia estrelar uma série intitulada New Girl, não pude deixar de assistir. Confesso que nem tinha checado a história da série, nem nada antes de começar a assistir. Só ia ver mesmo por causa da Zooey. Mas aí me apaixonei.

New Girl é incrivelmente genial. Falo isso por ser uma admiradora de séries de comédia com pitadas de romance e situações rotineiras da vida. Gosto de personagens que passam aperto, que sofrem, que não conseguem ter nenhum tipo de relacionamento direito. Enfim, gosto de personagens que facilmente poderiam ser reais. E em New Girl é possível achar tudo isso e mais um pouco.

A história começa quando Jessica Day (a Zooey) descobre que está sendo traída pelo seu namorado, com quem ela mora. Jess termina tudo com o cara e fica sem ter onde morar. Logo, Jess recorre à internet e procura lugares para morar. Um dos anúncios que encontra é de um loft em que moram três homens. Jess se inscreve para ocupar o quarto vago e vai à entrevista. Os meninos têm um pouco de receio, graças ao jeito único de Jess, porém acabam permitindo que ela more lá. E é daí para frente que problemas, diversões, músicas, risadas e muitos rolês errados começam a acontecer.

Jess faz o perfil desengonçada, romântica, fofa e muito verdadeira. Esse é um dos motivos para a série ser tão cativante. Mas não é só pela Jess que dá vontade de assistir, não. Schmidt, Nick e Winston, cada um com sua personalidade diferente, fazem com que a série seja múltipla, com diversos focos e ênfases. Outra personagem que compõe esse caráter amplo da série é a amiga modelo de Jess, Cece.

Não quero me prolongar sobre o que acontece na série ou sobre como cada personagem é. Mas posso dizer que a cada episódio New Girl fica mais legal, engraçada e envolvente, e por isso agradeço à criadora Elizabeth Meriwether. Assista! São só 22 minutinhos por episódio e você não vai conseguir parar de ver!

Um PS: tenho todos os episódios. Se alguém quiser, me peça. Rerere

Ou então baixe. Ou assista na Fox (se você for rico e tiver esse canal em casa)

Vídeo da abertura: 

Advertisements

Author: Mayara Abreu Mendes

Azarada, confusa, perdida, exagerada, reclamona, maluca, tagarela, blogueira, procrastinadora, espírito de gorda, unespiana, futura jornalista.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s